sábado, 5 de janeiro de 2013

Em Limeira, "Fora Tércio"
(da coluna de hoje do amigo Jairo Sérgio, no Boqueirão News)
 
Saída melancólica
Aliás, é merecedora de crítica a atitude negligente do ex-prefeito calunga, Tércio Garcia, que na reta final de seu mandato virou as costas para cidade e saiu pela porta dos fundos, pois sequer se dignou a comparecer ao ato democrático de passagem de cargo ao atual prefeito. Muito triste em se tratando da importância republicana de São Vicente, Celula Mater do País.

Saída melancólica II
Essa postura pouco responsável começa a lhe render prejuízos políticos. Em Limeira, no interior paulista, onde já atua como secretário municipal de Administração, alguns setores políticos já se mobilizam para contestar a nomeação do ex-prefeito e, inclusive, já criaram o movimento “Fora Tércio”, antes mesmo dele se acomodar na cadeira de chefe da pasta.
Esforço concentrado para limpar a cidade
Tudo foi bem planejado, inclusive a possibilidade de Itanhaém receber mais de 500.000 visitantes entre o Natal e o dia 2 de janeiro. Só que passou disso. Provavelmente, mais de 600.000 pessoas estiveram na cidade neste período.
O resultado, segundo o secretário de Serviços Municipais, Vinicius Camba, foi muito mais lixo produzido.
Com o trânsito parado nas rodovias da região, as carretas que levam o lixo para o aterro de Mauá demoraram até doze horas para fazer o trajeto.
Isso porque o lixão de Itanhaém, no Vergara, foi desativado em dezembro.
Com esforço concentrado, uma espécie de mutirão das equipes de limpeza e das empresas que recolhem o lixo doméstico, a situação vai se normalizando.
Quem pensa que o excesso de visitantes ocorreu somente em Itanhaém, dê uma olhada no link: http://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/agencia-estado/2013/01/05/lixo-acumulado-e-problema-no-litoral-norte-de-sp.htm

quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

Posse em Itanhaém

 
Marco Aurélio toma posse e promete transformar o desenvolvimento em qualidade de vida
 
Em cerimônia realizada na manhã desta terça-feira (1º), na Câmara Municipal de Itanhaém, tomou posse o prefeito Marco Aurélio Gomes, o vice-prefeito José Roberto e 10 vereadores
Marco Aurélio foi eleito para governar a segunda cidade mais antiga do país com 45,8% dos votos válidos, totalizando mais de 22 mil votos. A sessão especial foi presidida pelo vereador mais votado Tiago Rodrigues Cervantes. Durante a solenidade, os eleitos fizeram o juramento de compromisso com a cidade.

Transmissão de cargo
Em seguida, no Paço Municipal, aconteceu a cerimônia de transmissão de cargo, que contou com as presenças do agora ex-prefeito João Carlos Forssell, e do ex-vice-prefeito Ruy Santos. Foram apresentados para a população os nomes dos 14 secretários municipais.

Em seu pronunciamento, o novo prefeito reiterou seu compromisso de colocar em prática todas as propostas debatidas ao longo da campanha eleitoral e cujo plano de metas foi aprovado pelo eleitor. “O desejo é um só: que Itanhaém cresça dia após dia, com as cores do progresso e do desenvolvimento econômico e social. E o que temos diante de nós são as metas e desafios que vão transformar o crescimento em qualidade de vida”.


Ao fim da cerimônia, as autoridades inauguraram uma nova galeria com quadros dos prefeitos da Cidade desde 1908, que ficará exposta permanentemente no salão do Call Center.

Posse em Peruíbe


 
Ana Preto toma posse em Peruíbe
Nova prefeita assume o governo já colocando a mão na massa: pintura do CIT foi o primeiro ato

A prefeita eleita de Peruíbe Ana Preto e seu vice Nelson do Posto tomaram posse na manhã desta terça (1), em cerimônia realizada na Câmara Municipal. Além dos novos membros do poder executivo, também foram empossados os 15 vereadores. A cerimônia contou com a presença maciça da população além de familiares e autoridades.

Para marcar o início da nova administração, apenas poucos minutos após ter sido empossada, a prefeita Ana Preto reuniu sua equipe de trabalho para pintar o Centro de Informações Turísticas, o CIT, localizado na praia do Centro. O ato simbólico representou o comprometimento com a organização e limpeza da cidade desde as primeiras horas como prefeita de Peruíbe. Na ocasião, Ana Preto também cumprimentou cerca de 100 funcionários da empresa Litucera, que foram apresentados à nova prefeita.
“Não podemos perder tempo. A pintura do CIT foi apenas o início dos trabalhos para manter a cidade limpa, segura e com atendimento adequado para população e turistas”, destacou a prefeita.

Na sequência a prefeita dirigiu-se até a UPA para verificar o atendimento médico do dia. Na oportunidade, Ana Preto garantiu que necessidades básicas como a instalação de ar condicionado nas salas de atendimento, a aquisição de novas ambulâncias e contratação de mais médicos, são ações que serão executadas nos próximos dias.
Durante a cerimônia de posse, a prefeita Ana Preto agradeceu a presença de todos os munícipes presentes e ressaltou a importância da união entre os poderes da Cidade para construção de uma Peruíbe melhor.

“Vamos fazer um governo de transformação. E essa transformação será acompanhada de garra, compromisso e seriedade. Sei das dificuldades, que estão desde a saúde, até o caos urbano da periferia ao centro turístico. Não faço discurso conformista ou de lamento, porque esse momento me traz mais vontade, garra e força para coordenar esse processo de mudança. Quero unir forças com cada cidadão de Peruíbe, para tornar o "sonho Peruíbe" uma realidade”, finalizou Ana.

Posse em Praia Grande


Mourão assume Prefeitura pela quarta vez

Cerimônia de posse ocorreu na Câmara Municipal, na manhã desta terça-feira (1º)
Alberto Mourão e Maura Lígia Costa Russo foram empossados como prefeito e vice-prefeita de Praia Grande, assim como os 17 vereadores eleitos no pleito de outubro de 2012. A sessão de posse aconteceu na Câmara Municipal, na manhã desta terça-feira (1º).

O vereador mais votado, Sérgio Luiz Schiano (PSB), presidiu a sessão, que também deu posse a Carlos Eduardo Gonçalves Karan (PDT), Antônio Eduardo Serrano (PSB), Antônio Carlos Rezende (PSDB), Hugulino Alves Ribeiro (PSB), Roberto Andrade e Silva (PMDB), Benedito Ronaldo César (PMDB), Katsu Yonamine (PSDB), Marco Antônio de Souza (PMN), Janaina Ballaris (PT), Ednaldo Santos Passos (PDT), Marcelino Santos Gomes (PPS), Rômulo Brasil Rebouças (PRTB), Tatiana Toschi (PSD), Euvaldo Reis dos Santos Menezes (PTN), Carlos Eduardo Barbosa (PTB) e Eduardo Pádua Soares Jardim (PPS).
Eleito prefeito de Praia Grande pela quarta vez, Mourão iniciou seu discurso declarando estar muito feliz com seu retorno ao cargo. “Sinto-me honrado e feliz hoje. Cada vez que tenho a oportunidade de exercer uma função pública, me lembro de como a família é importante. Sou de origem humilde, e aprendi com meus pais que a unidade familiar constrói a sociedade”.
Agradecendo a população e equipes de trabalho, Mourão continuou: “Peço desculpas à minha família por me ausentar tanto, mas meu trabalho visa à consolidação do desenvolvimento da Cidade e de toda a Região Metropolitana da Baixada Santista. Hoje Praia Grande é um dos municípios que mais crescem no Estado, obtendo respeito regional, nacional e internacional, e com o crescimento, aparecem demandas necessárias aos moradores. O trabalho é constante e não pode parar”.
Para Mourão, o legislativo e o executivo devem estar unidos para debater a mobilidade urbana e a igualdade regional. “Não podemos permitir a formação de guetos, que fazem com que o cidadão não consiga ter acesso aos serviços básicos por falta de mobilidade. Divergências políticas e pessoais devem ser esquecidas”.
De acordo com o prefeito, os dois poderes devem ter constante respeito mútuo, pois o trabalho desenvolvido é em prol da população. “É uma via de duas mãos, já que buscamos cada vez mais a transparência dos atos públicos, perseverando nas metas que nos propusemos durante a campanha. Precisamos trabalhar com velocidade, porque o cidadão precisa de respostas rápidas, e a união entre o prefeito e os vereadores é fundamental”.
Texto: Aline Rollo, MTb: 39.222

Fotos: Marcelo Guedes