sexta-feira, 29 de junho de 2018

Brasil x México

Brasil x México nos cinemas tem meia entrada a partir de R$ 20,00

A partida será exibida em cinco multiplex da Rede Cinesystem Cinemas: Américas Shopping (RJ), Iguatemi Florianópolis (SC), Morumbi Town Shopping (SP), Parque Shopping Maceió (AL) e Rio Anil Shopping (MA).



Para você que vestiu a camisa canarinho nos três jogos da primeira fase da Copa do Mundo, chegou a hora de dar todo o apoio para a Seleção nas oitavas de final. O jogo Brasil x México, que define qual das duas equipes será classificada para a próxima etapa, fica ainda mais emocionante quando assistido em uma tela gigante e com a companhia de uma galera bem animada! Na Rede Cinesystem Cinemas o público poderá acompanhar cada lance do jogo nesta segunda-feira (02), às 11h, nos seguintes multiplex: Américas Shopping (RJ), Iguatemi Florianópolis (SC), Morumbi Town Shopping (SP), Parque Shopping Maceió (AL) e Rio Anil Shopping (MA).
Para dar um incentivo ainda maior para os torcedores, a Cinesystem preparou novos preços para a exibição e as meias entradas estão a partir de R$ 20,00. Já as entradas inteiras, no multiplex do Morumbi Town Shopping as custam R$60,00 para as poltronas convencionais e R$80,00 para as VIPS. Já no Américas Shopping o preço é fixo para as inteiras: R$60,00. Os amantes da bola que frequentam o Shopping Rio Anil, o Parque Shopping Maceió e o Iguatemi Florianópolis poderão curtir cada lance também por R$ 40,00 e R$ 20,00 a meia.
Quem comparecer aos cinemas da Rede vai poder ainda levar para casa o Combo Torcida, que é composto por um balde de pipoca exclusivo + refrigerante de 700 ml. O valor do combo é o mesmo do Combo Grande + R$10,00. O balde, personalizado pela Rede, não é descartável e os torcedores vão poder levar para casa e aproveitar cada um dos jogos do campeonato com ele.
SOBRE a Rede Cinesystem Cinemas
Quinta maior exibidora do País em número de salas, a Rede Cinesystem Cinemas foi criada em 2003 e opera atualmente 156 salas, distribuídas por 26 complexos em 10 estados: Pará, Maranhão, Pernambuco, Alagoas, Espírito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Jovem, ousada e inovadora, entrega em cada um dos multiplex o que há de melhor em tecnologia e conforto, oferecendo assim uma experiência única para os clientes.
Levam a assinatura da Cinesystem o precursor e exclusivo projeto de autoatendimento e o primeiro complexo totalmente digital do País. É também da Rede o único cinema com 100% de projeção a laser da América Latina. O complexo, que fica no Morumbi Town Shopping, conta também com a "Melhor Sala da Cidade" e as "Melhores Poltronas da Cidade", de acordo com o ranking do jornal O Estado de São Paulo de 2018. A Cinesystem é ainda vencedora do Prêmio ED (Exibidoras/ Distribuidoras), iniciativa do Sindicato das Empresas Exibidoras do Estado de São Paulo, nos anos de 2010, 2011, 2013, 2014, 2015, 2016 e 2017, em diversas categorias.
Mais de 8 milhões de espectadores escolhem todos os anos a Cinesystem e podem optar por ver seus filmes favoritos em um dos variados estilos de salas que a exibidora oferece, entre elas as salas convencionais, com tecnologia 3D, as VIPS, Premiuns ou na "CINÉPIC", modelo mais tecnológico da Rede, que conta com o sistema de som Dolby Atmos®, projeção digital com tecnologias 4K e HFR e telas gigantes até 150% maiores que as tradicionais, fazendo com que os clientes tenham a sensação de estarem "dentro" do filme. Graças ao som Dolby Atmos®presente na sala CINÉPIC do Morumbi Town Shopping, o cinema foi premiado por dois anos consecutivos, 2017 e 2018, como "Melhor Sistema de Som de Cinema" pelo jornal Folha de São Paulo.
Na Cinesystem todos os públicos têm benefícios garantidos. Com pipoca ou milkshake, nas salas da exibidora paranaense fazer aniversário é sinônimo de "Festa no Cinema". O público conta também com descontos e vantagens especiais do "Clube da Pipoca", programa de relacionamento da Rede. Já os projetos "CinEmpresarial" e "CinEscola" proporcionam a estrutura ideal para eventos sociais, corporativos e pedagógicos. Outras informações, acesse: www.cinesystem.com.br

quinta-feira, 21 de junho de 2018

Elektro


Elektro lança Campanha do Agasalho 2018

A expectativa da campanha que vai até dia 28 de junho é beneficiar 
instituições nos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul


A Elektro, distribuidora de energia do Grupo Neoenergia, lança nesta segunda-feira (11) mais uma edição da Campanha do Agasalho em 33 municípios de sua área de concessão. A expectativa é arrecadar ainda mais que em 2017, quando foram doadas 28 mil peças para 36 instituições. Neste ano, aproximadamente 35 instituições foram selecionadas para receber as doações. Em Itanhaém, o Asilo de Idosos Allan Kardec receberá as doações.

Para ajudar na arrecadação, a Elektro conta com o apoio de seus colaboradores que fazem as doações anualmente depositando as peças nas caixas coletoras nas sedes da empresa. E, em 34 municípios, a empresa conta também com a ajuda dos clientes, que podem contribuir deixando as peças nos Espaços de Atendimento Presencial da Elektro.

Podem ser doados cobertores, agasalhos, blusas, calças, além de acessórios de inverno, como luvas, gorros e cachecóis. As peças serão recolhidas até dia 28 de junho nos Espaços de Atendimento ao Cliente dos municípios. A lista completa com os nomes dos municípios que estão recebendo as doações está disponível no site: www.elektro.com.br.
“A campanha já é uma tradição entre nossos colaboradores e reflete a cultura de solidariedade da empresa. E esta é uma oportunidade de compartilhar nosso Jeito Elektro de Ser também com nossos clientes, engajando-os nesta causa”, afirma Elton Nery, Gerente de Recursos Humanos.

Sobre a Elektro
Reconhecida por sete vezes nos últimos nove anos como a Melhor Distribuidora de Energia Elétrica do País, por cinco vezes como a Melhor Empresa para Trabalhar do País e duas como a Melhor da América Latina, a Elektro é uma empresa do Grupo Iberdrola, 5º maior de energia elétrica do mundo. Com atuação em 228 municípios, sendo 223 no Estado de São Paulo e cinco no Mato Grosso do Sul, atende mais de 2,5 milhões de clientes, cerca de 6 milhões de pessoas.

quarta-feira, 20 de junho de 2018

Inverno

Drogarias Pacheco e Drogaria São Paulo iniciam
campanha de doação de agasalhos

Até o dia 15/08, lojas estarão com pontos de arrecadação


O inverno está chegando e com ele a preocupação em auxiliar as pessoas que muitas vezes dependem de uma doação para se manterem confortáveis e aquecidas nesta que é a estação mais fria do ano. E para estimular essa reflexão e incentivar a participação da sociedade, todos os anos, as redes Drogarias Pacheco e Drogaria São Paulo trabalham uma campanha para coletar doações de roupas, agasalhos e itens de inverno – novos ou em bom estado. Este ano para garantir o engajamento de clientes e colaboradores, a companhia desenvolveu a campanha "Solidariedade é o melhor remédio para quem sente frio", que acontece de 18 de junho a 15 de agosto.

"Anualmente a campanha têm sido um sucesso e, assim como em todas as edições, todos podem participar. A ação contribui para que a estação mais fria do ano seja mais aquecida para muitas pessoas, por isso ela é tão importante para nós. Além disso, ampliamos o nosso compromisso com a responsabilidade social e estendemos esse valor para os nossos clientes", fala Thaís Lima, Gerente Executiva de Marketing do Grupo DPSP, companhia que administra as marcas Drogarias Pacheco e Drogaria São Paulo.

O Grupo DPSP é um dos principais players do varejo farmácias do Brasil. Desde 2007 a companhia investe em campanhas de doação de agasalhos, e já arrecadou mais de 100 mil sacos de 100l de agasalhos, contribuindo com um inverno mais aquecido para muitas pessoas.

As doações realizadas para a campanha do agasalho serão destinadas para o Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo e para filiais da Cruz Vermelha distribuídas nos 9 estados e o Distrito Federal, locais onde a companhia possui filiais.

segunda-feira, 18 de junho de 2018

Festa da Tainha em Santos

Convites para Festa da Tainha da Catedral
já estão à venda
Tradicional evento, que chega à 28a edição, ocorre em um novo lugar: no Complexo Esportivo Rebouças, na Ponta da Praia, no próximo dia 30 


Já estão a venda os convites para a 28ª  Festa da Tainha da Catedral de Santos, uma das mais tradicionais da Cidade – compõe, inclusive, o calendário oficial do município desde 2009. O evento será no dia 30 de junho, em um novo local: o Complexo Esportivo Rebouças (Praça Eng. José Rebouças, s/n - Ponta da Praia), das 19h às 23h.

O ingresso do evento beneficente custa R$ 80,00 e dá direito ao prato, que serve duas pessoas. Além do delicioso peixe, os acompanhamentos serão arroz, vinagrete, farofa e uma garrafa de vinho. Os convites podem ser adquiridos na secretaria da Igreja (Praça José Bonifácio, s/nº – Centro), de segunda à sábado, das 7 às 18h.

Por ser uma das mais tradicionais da Cidade, a Festa da Tainha da Catedral tem números que chamam a atenção: serão mais de 1,2 mil tainhas; 110kg de arroz; 350kg de carvão e 120 voluntários.
  
“A  Festa  é um ótimo momento para rever amigos e, acima de tudo, contribuir para as obras sociais e espirituais desenvolvidas pela Catedral, principalmente junto às famílias carentes da   área central   de   Santos”,   explica   o   pároco   Claudenil Moraes. "Agora no Rebouças, um local amplo, de fácil localização e prático estacionamento, tenho certeza que atenderemos as pessoas de forma mais rápida, mantendo a qualidade que é reconhecida por todos", concluiu.

Mais informações e reservas pelo telefone (13) 3232-4593.

domingo, 17 de junho de 2018

Qualificação

Etecs divulgam os cursos com maior índice de candidato/vaga do Vestibulinho

Mais de 150 mil inscritos farão o exame do processo seletivo das Etecs para o próximo semestre no domingo 24 de junho


O curso técnico de Enfermagem é o mais concorrido no processo seletivo das Escolas Técnicas Estaduais, pelo nono semestre consecutivo. Na Etec Carlos de Campos os 1.089 inscritos vão disputar as 40 vagas no período da manhã, representando 27,23 c/v. O índice de candidatos por vaga para esse mesmo curso é de 17,67 na Etec Parque da Juventude; 15,20, na Etec Rubens de Faria e Souza, de Sorocaba; 13,18 à noite, e 10,65, de manhã, na Etec Zona Sul; 11,00 na Etec Profª Anna de Oliveira Ferraz, de Araraquara; e 10,65 c/v na Etec Barueri.

Outro curso técnico, o de Processos Fotográficos, oferecido na Etec de Artes, também se destaca entre os mais disputados, com 16,20 candidatos por vaga. Já o curso de Administração, que integra o eixo Gestão e Negócios, aparece entre as habilitações mais procuradas nas Etecs Presidente Vargas, de Mogi das Cruzes, e Dona Escolástica Rosa, de Santos, com 11,33 e 10,83 candidatos por vaga, respectivamente.

Mais de 150 mil inscritos farão o exame do processo seletivo das Etecs para o próximo semestre no domingo 24 de junho.

A demanda por curso e unidade está disponível no site www.vestibulinhoetec.com.br.


sexta-feira, 15 de junho de 2018

Tecnologia

moObie chega à Baixada Santista para impulsionar geração do compartilhamento

Comunidade digital que promove aluguel de carros de pessoa para pessoa já conta com mais de 80 mil inscritos e está em expansão no Estado de São Paulo


 A moObie, comunidade que busca promover a economia criativa e incentivar novas soluções de mobilidade urbana, iniciou recentemente sua operação em Santos, Mongaguá, Guarujá e São Vicente, na Baixada Santista. Com a chegada da plataforma, quem possui um carro poderá alugá-lo para outras pessoas, enquanto não está usando, e fazer um dinheiro extra. Já quem ainda não possui um veículo, mas precisa de um temporariamente, pode alugar de alguém de sua vizinhança ou de bairros próximos. Até o momento, dez pessoas já disponibilizaram seus carros para aluguel na região. O movimento visa contribuir para cidades mais inteligentes e colaborativas, criando uma relação de troca e ganho para todos e oferecendo como vantagem o fato de não colocar novos carros na rua, mas utilizar o potencial dos que estão ociosos nas garagens.

Atualmente a moObie é a maior plataforma de compartilhamento de carros do país, com mais de 80 mil usuários. O lançamento da operação na Baixada é muito importante para a empresa, que está em expansão no estado de São Paulo. "As cidades da Baixada são extremamente importantes para a economia brasileira e recebem milhões de turistas todos os anos. Além disso, o compartilhamento é uma boa opção para quem está ou mora na Baixada, principalmente pela preocupação das próximas gerações com a mobilidade urbana", conta Tamy Lin, CEO da moObie.
Até 2025 deverão ser movimentados mais de US$ 335 bilhões em negócios relacionados ao mercado mundial de compartilhamento, segundo recente levantamento da consultoria PwC. "Pessoas de todo o mundo estão cada vez mais compartilhando seus bens, que vão de casas, carros e objetos que, até pouco tempo, eram considerados impensáveis de abrir mão em prol de outras pessoas que não teriam acesso. Vejo no Brasil um grande potencial para fazer parte cada vez mais dessa inclusão de uma geração inteira que terá no compartilhamento um modo de estar no mundo", conta Tamy.

Como funciona
A locação acontece de Pessoa para Pessoa (P2P) por meio de um app intuitivo e prático. O condutor que precisa de um carro cadastra o cartão de crédito e a CNH pelo celular, que é avaliada pelo time da moObie quanto à validade e regularização, além de outros critérios que garantem a segurança da comunidade. O proprietário cadastra seu carro que passa por uma validação na qual são verificados a situação junto ao Detran/Denatran, vigência do seguro e critérios de elegibilidade.
Depois de cadastrado, o interessado acessa o app para buscar o veículo disponível mais indicado à sua necessidade em um mapa de localização, verifica preço e solicita a reserva. Do outro lado, o dono visualiza o pedido e tem autonomia para aceitar ou não a solicitação na data especificada, de acordo com sua disponibilidade. O pagamento é feito no ato da confirmação da reserva via cartão de crédito do condutor e entra na conta do proprietário do carro cadastrada na moObie em datas pré-definidas.
No ato da entrega das chaves, é realizado um checkin no próprio app e na devolução é feito checkout via celular. O carro deve ser devolvido nas mesmas condições em que foi entregue, limpo e abastecido. Caso haja infração ou acidente durante a locação, há processos preestabelecidos. O número da habilitação do usuário fica registrado e o carro está segurado durante todo período de locação. Se houver sinistro, a seguradora da moObie é a responsável e não a do proprietário. E se houver infração, os pontos vão para o usuário, não para o dono do carro.

Sobre Tamy Lin
Tamy Lin é CEO e fundadora da moObie, comunidade com mais de 80 mil pessoas conectadas, criada para promover a economia criativa e incentivar novas soluções de mobilidade urbana. Com passagens por consultorias de estratégia como BCG e organizações como Google em Mountain View, World Food Programme (ONU), em Roma, foi diretora na Smiles antes de iniciar a moObie. Tamy é formada em administração de empresas pela Fundação Getúlio Vargas e possui MBA pela Kellogg School of Management - Northwestern University (EUA).

Sobre a moObie
A moObie é uma comunidade criada para promover a economia criativa e incentivar novas soluções de mobilidade urbana como o carsharing (compartilhamento de veículos), que visa contribuir para cidades mais sustentáveis. Com um app intuitivo e prático, a empresa aproxima pessoas interessadas em otimizar o investimento feito em um carro e obter uma renda extra (o proprietário) de pessoas que procuram um meio de transporte seguro e acessível (o usuário).

quarta-feira, 13 de junho de 2018

Estágio no TRE

CIEE abre inscrições para estágio no TRE-SP

São mais de 400 vagas, distribuídas pela Grande São Paulo e interior do estado



Estão abertas até o próximo dia 24 as inscrições para concurso público destinado a selecionar candidatos para preenchimento de 431 vagas de estágio e formação de cadastro reserva para o Tribunal Regional Eleitoral do Estado de São Paulo (TRE). Podem participar estudantes do 2º ao antepenúltimo semestre dos cursos de administração, comunicação social/ jornalismo, design gráfico, direito,  engenharia (civil e elétrica), design gráfico e informática.
Os aprovados atuarão em 58 zonas eleitorais da capital e 246 municípios do interior e da Grande São Paulo.  O valor da bolsa-auxílio é R$ 750 para jornada de 5 horas/dia, além de auxílio-transporte de R$ 8/dia.
 As inscrições deverão ser feitas exclusivamente no site www.ciee.org.br, no link do TRE/SP, onde consta o edital com mais informações. O processo seletivo é composto por prova objetiva de múltipla escolha, de caráter classificatório e eliminatório, e abrange questões de língua portuguesa e de conhecimentos específicos de cada uma das áreas. Os horários e locais de realização serão divulgados no mesmo site, a partir de 4 de julho.

Sobre o CIEE

Desde sua fundação, há 54 anos, o CIEE se dedica à capacitação profissional de estudantes por meio de programas de estágio. Em 2003, abriu uma nova frente socioassistencial com a aprendizagem. Atualmente, administra o estágio de 200 mil estudantes e a aprendizagem de 100 mil adolescentes e jovens. Em paralelo, mantém uma série de ações socioassistenciais voltada à promoção do conhecimento e fortalecimento de vínculos de populações vulneráveis. Acompanhe o CIEE pelas mídias sociais: Facebook e Instagram: /oficial.ciee; Twitter: @ciee_oficial1 e Linkedin /company/oficialciee. Site: www.ciee.org.br.

terça-feira, 12 de junho de 2018

Workshop para músicos da BS

Cantora Vanessa Jackson realiza workshop gratuito para músicos da Baixada Santista

Objetivo é levar todo o conhecimento da artista com mais de 20 anos de carreira para os novos cantores da região


Nesta quinta-feira (14), em Santos, a cantora Vanessa Jackson realiza um workshop gratuito para músicos da Baixada Santista. O objetivo é levar todo o conhecimento da artista com mais de 20 anos de carreira para os novos cantores da região. Vencedora dos programas “Fama”, da Rede Globo, e do “Esse artista sou eu”, do SBT, Vanessa Jackson escolheu Santos para iniciar uma série de treinamentos e cursos para músicos que dará em todo o Brasil, conciliando com sua agenda de shows.

O workshop de Vanessa Jackson será gratuito e 40 vagas são oferecidas. Os candidatos entram em contato com o staff da cantora por meio do e-mail vanessajackson@roxomkt.com.br e os selecionados nos pré-requisitos são chamados. O treinamento acontecerá no One Business Center, das 14 às 17h. No workshop a cantora abordará técnicas de canto, técnicas corporais, técnicas de interpretação, o cuidado com a voz, dicas de memorização e como a formação em canto lírico ajudou na sua carreira, além é claro de falar sobre os bastidores de sua carreira.

“Estou muito empolgada por começar o meu workshop em Santos. Os fãs sempre me pediram para fazer treinamentos onde eu pudesse passar um pouco da minha experiência e agora encontramos essa oportunidade”, diz a cantora Vanessa Jackson.

Show em Santos
Na mesma quinta-feira (14), às 21h, na Black Jaw Choperia, em Santos, a cantora Vanessa Jackson e sua banda se apresentam para um show de Dia dos Namorados.

segunda-feira, 11 de junho de 2018

Consumo - Baixada Santista

Consumidores da Baixada Santista optam por presentes entre R$ 100,00 e R$ 200,00 para as compras de Dia dos Namorados

Pesquisa realizada pelo SincomércioBS também mostra expectativa dos empresários para a data comemorativa


Consumidores da Baixada Santista pretendem gastar entre R$100,00 e R$200,00 em presentes para o Dia dos Namorados este ano. Isso é o que aponta a pesquisa de expectativa e consumo realizada pelo Sindicato do Comércio Varejista da Baixada Santista (SincomércioBS) com clientes e empresários das nove cidades da região.
A maioria, que opta pela faixa R$ 100,00 e R$200,00, totaliza 46% dos entrevistados. Quem não quer exceder o limite de R$ 100,00 representa 34% e os que têm a intenção de gastar entre R$ 200,00 e R$ 300,00 somam 8% das respostas. Aqueles que querem desembolsar um pouco mais na hora de presentear, com itens entre R$ 300,00 e R$ 400,00 e acima de R$ 400,00, acumulam 6% cada.
Mais uma vez, os produtos mais procurados serão os artigos de vestuário (28%) e perfumes e cosméticos (23%), mas chocolates (23%) e flores e calçados (14%) também são escolhas populares entre os compradores. Além destes, recebem destaque os itens jóias e acessórios (11%), bolsas e acessórios (8%), eletrônicos (6%) e óculos (4%). Cestas de café da manhã e livros completam a lista com 2% de intenção de compra cada. No questionário, os entrevistados podiam escolher entre uma ou mais opções de presentes.
Para a maioria dos consumidores (51%), o que mais chama atenção na hora de escolher uma loja para a compra são as promoções e liquidações. Outra prioridade para quem irá gastar no período é o bom atendimento (47%), mas uma vitrine bem arrumada ou chamativa (17%) também atrai quem passa pelo comércio. Um produto novo ou diferente no mercado instiga 19% dos clientes. Baseiam a compra em propaganda na TV, internet, revistas ou jornais apenas, assim como em outros atrativos, 2% cada.
Com 41%, o pagamento no dinheiro é o favorito para quitar a dívida. O pagamento à vista também será feito no débito por 35% dos consumidores. E, para 24%, a compra será feita parcelada no cartão de crédito.

EMPRESÁRIOS ESTÃO OTIMISTAS
A pesquisa também ouviu os empresários da região sobre a expectativa de vendas para o Dia dos Namorados. Para 62%, o nível das vendas deverá aumentar em relação ao ano passado. Já 25% acreditam que o faturamento se manterá o mesmo e apenas 13% preveem queda na receita.
Entre os que esperam crescimento, 41% creem que o aumento será entre 5% e 10% em comparação ao mesmo período em 2017. Aqueles que antecipam expansão entre 10% e 15% somam 34% e 19% dos lojistas preveem aumento de até 5%. Apenas 6% dos comerciantes acreditam que o crescimento máximo será superior a 15%. Entre o percentual de empresários que esperam um cenário negativo neste ano, 100% deles apontaram a crise econômica como o principal motivo para uma possível queda nas vendas.

A oferta de novos produtos é a principal estratégia para atrair os consumidores e aumentar as vendas de acordo com 73% dos entrevistados. Outros 69% pretendem investir na decoração especial da vitrine e da loja, enquanto 50% acreditam que o maior chamariz é a divulgação nas redes sociais. Também foram citados treinamentos de funcionários (15%), propaganda em TV, rádio ou jornais (10%) e promoções (4%). Pontuaram nos 2% aqueles que ainda não tem estratégia definida. Neste questionário, os comerciantes podiam escolher entre uma ou mais ações de vendas.

Em relação a funcionários temporários, 85% dos empresários ouvidos não devem contratar mão de obra extra para o período. Entre os que planejam aumentar o quadro de colaboradores, 57% devem admitir dois novos funcionários, outros 29%, um, e 14%, quatro.
O levantamento foi realizado entre 20 e 31 de maio, com 100 entrevistados, nas nove cidades da Baixada Santista. A pesquisa tem caráter quantitativo, pelo método de levantamento com amostra aleatória simples e estratificada.

sábado, 9 de junho de 2018

Oficina de Breaking

Academia On House de Itanhaém  oferece 
  aula de Breaking gratuita, com o Professor Zeca Break



A oficina de breaking  acontece toda sexta-feira, ás 20h, na Rua João Batista Leal, 316, no centro de Itanhaém. A ideia é estimular nas crianças o interesse pela dança, pela arte e história da cultura das ruas, formando uma nova geração de dançarinos e artistas conscientes, trabalhados e disciplinados dentro de uma academia, focados e prontos para viver e representar a Cultura Hip Hop por onde quer que  passem. 
Quem deseja mergulhar nesse mundo e no entanto  desconhece a história do Breaking no Brasil, segue um resumo bem difundido do Portal Dança de Rua :Tudo começou numa época praticamente sem recursos, quando as perspectivas de crescimento junto ao público e ao mercado dependiam da qualidade e do amor, fizeram seu papel,  garantindo o futuro em todos os lugares, como no Brasil, onde o Breaking está vivo, e tem representante genuíno e de nível internacional.
Desde 1982, Nelson Triunfo e a posse Funk Cia, já mostravam o Breaking na movimentadíssima Rua 24 de Maio, no coração de São Paulo. Quando a “brincadeira” acabou por lá, a estação São Bento tornou-se, para sempre, o templo dos B-Boys de todo o Brasil. Lá se formaram crews que mereceram a história do Breaking, como Crazy Crew, Street Warriors, Nação Zulu, Fantastic Force, Jabaquara Breakers e Back Spin Kings.

O Breaking brasileiro cresceu, e em 1993 proporcionou ao público a 1ªAmostra Nacional de Hip Hop, levando um grande público ao espaço cultural metrô São Bento. Em 1999, aconteceu o primeiro campeonato brasileiro de Breaking, que contou com a participação de muitos grupos, mas que em seu ano seguinte(2000) contou com mais de 30 crews, mostrando que o Breaking está em todo o nosso país.
Características do B.Boying: A dança sempre tem início com uma preparação, chamada de Top Rock, em seguida o dançarino desce para o chão fazendo o passo conhecido com footwork e sempre finaliza com
algum freeze (congelamento). Podendo mesclar com movimentos de impacto, conhecidos como Power Moves e Spins. O Top Rock (originado no Bronx) tem hoje a função de apresentação, aoentrar na roda, o B.Boy ou da B.Girl completa, nunca deixa de apresentar o seu Top Rock, é o cartão de visitas apresentando o seu
estilo, só depois ele desce ao chão para executar o Footwork. Quem não apresenta o seu Top Rock e o seu Footwork na roda não pode ser considerado um B.Boy ou B.Girl completo.Voltando, o Footwork  é o trabalho
realizado pelos pés movimentando o corpo circularmente com o apoio das mãos. O Footwork é a base do B.Boying. Após sua rotina, o B.Boy sempre termina sua entrada com um Freeze (uma congelada). Um Freeze bem feito deve durar pelo menos três segundos na posição escolhida, como já me disse a lenda Mr Freeze:
Por fim, entram os Moves (movimentos). O giro de cabeça, os saltos, os moinhos de vento, etc. São movimentos influenciados pela ginástica, ginástica olímpica com tempero da Rua. Existe uma grande discussão mundial, sobre o valor real dos Moves. Não há dúvida que um leigo em Hip Hop vai achar um Mortal “melhor” do que um Footwork. Porque o mortal é mais difícil, é mais bonito. O que tem ocorrido é que a última geração de B-Boys e B-Girls assistem as fitas de campeonatos e vêem muitos Moves. Na hora de ensaiar, esquecem da base (Up Rock, Top Rock, Footwork) e só ensaiam saltos. Não é conservadorismo que um bom B-Boy ou B-Girl é aquele que é completo, ou pelo menos se esforça para isso.

Pensando em toda essa história, a academia On House que é apaixonada pela Dança de Rua, numa iniciativa social foca exatamente no preparo e no ensino desses fundamentos a esses dançarinos  desde a infância, independente de sua classe social, ensinando que Breaking é muito mais que uma dança, é o encontro de uma grande família, onde o respeito é conquistado com a dança ! Interessados em fazer parte da oficina, devem correr e fazer o quanto
antes a inscrição pois as vagas são limitadas!

Academia On House
013 97413-7254
R. João Batista Leal, 316 - Itanhaém